É basicamente isto.

É basicamente isto.

12 de março de 2013

Estou preocupada.

A propósito do concerto que ontem parou Lisboa e um pouco do País, a avaliar pela loucura que se viu, tenho uma confissão a fazer, mas prometam que não me abondonam por isto:

Eu gosto de uma música do Bieber.

...


(recompostos?)

Passo a explicar : eu, que sempre disse que o moço estava completamente fora do meu estilo de música, e que aquilo é coisa para miúdas adolescentes (e pelos vistos, para miúdos também), há dias ouvi no carro uma música que já tinha ouvido, e que me soava bem. Não fazia ideia quem cantava e fui averiguar. Voilá, é o Bieber, himself. 

Ora isto é coisa para ser Grave, Muito Grave, ou Inadmissível, pergunto-vos eu?

A meu favor, parece-me que é só mesmo aquela. Nunca tinha acontecido e não voltou a repetir-se.

PS- a propósito da moça que tem 6 tatuagens com o nome do Cantor, espero apenas que seja coisa para não doer muito a remover no futuro. O arrependimento vai chegar...ai vai, vai. E se há situações em que os Pais devem proibir os filhos de fazer determinadas coisas, atrevo-me a dizer que este é um desses casos.

30 comentários:

  1. Então e qual é a música? Fiquei curiosa!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Carolina, invoco o meu Direito ao Silêncio...já provoquei estragos suficientes na minha imagem ;)

      Eliminar
    2. Nao estamos nos USA, que têm emendas para tudo :(

      Eliminar
  2. Buenas, enhorabuena por el blog, me gustaría intercambiar enlaces contigo y que nos sigamos mutuamente.
    Un enorme saludo desde http://orgullobenfiquista.blogspot.com/
    http://bufandasybanderasamps.blogspot.com/

    Oi, parabéns pelo blog, gostaria de trocar links com você e nós seguimos um ao outro.
    Uma saudação enorme de http://orgullobenfiquista.blogspot.com/
    http://bufandasybanderasamps.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  3. Por acaso há uma música que fica no ouvido, não sei é o nome... Mas é daquelas que ouço um pouco e mudo logo de rádio!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Rainha, aposto que é a mesma. Nem falemos mais do assunto, enquanto ainda vamos a tempo.

      Eliminar
  4. À minha filhota meto José Barata-Moura no carro. Mas também só tem 4 anos. Mas já a apanhei a cantar coisas tipo "delicia delicia... ai se eu te pego..."
    Acho que o pior ainda está para vir...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sérgio, não te quero desanimar, mas a avaliar pelo que se vê ultimamente, isso ainda não é o pior, não...rédea curta e mantém-te atento! :)

      Eliminar
  5. Todos nós temos um adolescente dentro de nós.
    Espero que o parto não custe muito. ahahah

    Quanto a tatuagens... é uma tristeza.
    O que andam estes pais a fazer?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sei, mas o Pai Júlio dava-me as 6 tatuagens dava...mesmo com esta idade, ele olha para a única que tenho com aquele ar de reprovação que nos faz sentir pequenos, pequeninos...tinha sido bonito aparecer-lhe com essa ideia, tinha...

      Eliminar
  6. Eu tenho a certeza se tivesse 14 anos agora era louca por estas gentes, mas ainda bem que não tenho!! A rapariga vai ser passada a laser daqui a uns anos, não muitos... Vai ter uma história para contar!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem nos meus tempos de Bom Jovi a coisa chegou a isto...mas que tinha o quarto forrado a posters, lá isso tinha.

      Eliminar
    2. Bon Jovi é outra fruta! Não quis dizer que me metesse à chuva e a tatuar o nome do rapazola, mas td a gente teve as suas falhas... Na minha altura era Excesso e Backstreet Boys, agora temos este e os One Direction! E mal por mal estes são sempre melhores do que há anos os Tokio Hotel (?!) nuncam percebi como é que miúdas gostavam daquilo, a menos que não tivessem a sua sexualidade definida!

      Eliminar
    3. Os Tokio Hotel já não são tanto do meu tempo, mas lembro-me de pensar "hein??".

      Agora, os Excesso...nunca fui a um concerto deles. Nunca. Há fotos? Não há fotos.

      Eliminar
  7. Respostas
    1. Tatuar qualquer nome que seja, uma só vez, já é um tiro no pé...tatuar 6 vezes o nome de um cantor, são vários tiros nos dois pés.

      Eliminar
  8. E com 14 anos eu vi o Top Gun e apaixonei-me pelo tomdascruzes...que já não era um adolescente bebé como o Bieber

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Andávamos todas apaixonadas pelo mesmo homem...quem pode, pode. O Tom podia :)

      Eliminar
    2. ahhhh e o Top Gun é só um dos meus filmes favoritos!! :) "Maverick you big stud! Take to bed or lose me forever!" :D

      Eliminar
  9. Calma, nós não contamos a ninguém! :)
    (Eu gosto de três músicas do Elton John às escondidas)
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Joana :)

      (aqui entre nós, há poucas do Elton que não gosto. Muito poucas).

      beijinhos

      Eliminar
  10. "Baby baby baby.." , canta comigo CM! :D

    ResponderEliminar
  11. Ainda ontem uma amiga me dizia que eu digo que não gosto porque não conheço as músicas, dizia-me ela que provavelmente até gosto de alguma mas não sei que é dele, vou averiguar.

    Quanto às tatuagens, eu sei bem o que a minha mãe me fazia se aparecesse assim em casa aos 15 anos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vera, estou contigo na dor, se descobrires que alguma é dele.

      Eu era mais o meu Pai, e até lhe agradeço, agora que penso nisso e já não sou uma inconsciente ;)

      Eliminar
  12. Chego aqui e estão 438 comentários...epá, ainda bem que deixei de cá vir.

    Lamento pela cena do Bieber. Mas eu também tenho alguns podres. Enfim...ao menos sou benfiquista.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, e quais são os outros podres?

      Eliminar
    2. Depende. Se achares que ser extremamente atraente é um podre, então sim, tenho mais este.

      Eliminar
  13. Ó pá... Eu gosto de uma dos One Direction. Já quase fui linxada no blog por confessar isso! ahahah

    ResponderEliminar

Elaborai à vontade a tua teoria.

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.