É basicamente isto.

É basicamente isto.

11 de março de 2013

Aparelho nos Dentes VS Moda

Há frases que têm o dom de me aborrecer. Logo a seguir ao tão comum "cada um tem o que merece" ( amigos...se isto fosse verdade, onde é que eu estaria neste momento...), vem, actualmente, a mítica "usar aparelho nos dentes está na moda". Então não está? Isto é deveras brilhante. Só mesmo vindo de quem nunca usou esta geringonça.
Aparentemente, há quem ache que isto é um passeio no parque. Não há dor nem desconforto. Só isto justifica que se pense que alguém, no seu perfeito juízo, coloca um monte de arame na boca só porque "está na moda". É que, não parecendo, o aparelho é colocado para fazer pressão, para puxar, repuxar, e o diabo a quatro. É coisa para doer, vão por mim. Não dói sempre, é um facto. Mas dói para caraças quando o colocamos. E dói para cima de muito, todos os meses, na altura da consulta mensal.
Para quem nem assim fica convencido, passemos à questão financeira. Se fosse para andar na moda, mais depressa comprávamos uma Chanel. Ou duas. É que até é mais barata, dá para acreditar? Entre a colocação dos aparelhos (dos vários nalguns casos, como o meu), e as consultas mensais de manutenção (os apertões, como lhes chamo, porque faz-me alguma confusão dizer que vou à manutenção, como se fosse um Fiat Punto), isto é coisa para ficar numa pequena fortuna.
E depois há a questão que verdadeiramente me intriga : na moda? Como assim na moda? Passou a ser bonito andar com arame na boca e ninguém me avisou? Alguém um dia acordou, olhou para o espelho, viu os dentes certinhos da silva e pensou "O que ficava aqui mesmo a matar, era um monte de arame cinzento! Não é cedo, nem é tarde!". E não, não é "chique", não "é bem", é uma questão de saúde e uma valente "pain in the ass".
 
Hoje, quando regressava da consulta de manutenção, a pensar que lá vão já dois anos e meio desta vida, tive pena que não aparecesse uma destas pessoas que lhe chamam moda. É que se pudesse descarregar o quanto estou farta deste arame, com uma valente cabeçada com ele no meio da testa desta gente, tenho certeza que teria voltado muito mais satisfeita a casa.
(peço desculpa pela violência, atribuo às dores que isto de andar na moda dá).
 
Caros leitores, se alguém desse lado já usou parelho, tenho certeza que sabe do que falo. Para quem pensa usar, não é tão mau como parece. Quer dizer, é. Mas, às vezes nem é só a questão estética que está em causa. No meu caso, por exemplo, vai ajudar a resolver uma série de problemas que estavam associados ( e o meu caso não era, nem de longe nem de perto, dos mais grave), como as enxaquecas. É um assunto mais sério do que às vezes parece. E não é mesmo moda.

39 comentários:

  1. Obrigado por este post!

    Adorei!

    Mil beijinhos, com jeitinho nessas bochechas!!!

    Prá semana sou eu... e já lá vai mais de um ano nisto!! :(

    Tu entendes-me! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Entendo tão bem...é como eu costumo dizer : depois de tudo, ou isto fica perfeito e sou chamada para campanhas publicitárias e tudo e tudo, ou vamos ter problemas! ;)

      Beijinhos

      Eliminar
  2. Same here :(
    Era mesmo o adereço de moda que eu escolhia, aos 33 anos, óbvio. Como se 2 ou 3 pares de Louboutin não me favorecessem mais!
    E agora com 3 elásticos cruzados no meio da boca? Um must!
    Só quem não sabe do que fala, mesmo...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tenho para mim que isto são invejas de quem não vai ter os dentes perfeitos como nós ;)

      Eliminar
  3. Se estivesses atenta à tal moda Lisboa ou lá o que é, ias ver que todas as modelos andam de aparelho nos dentes...eheh...

    Vá, força nisso que o mais dificil já deve ter passado...;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Crap, que não vi! Não terás gravado, não?

      Por incrivel que pareça, esta é a fase mais difícil...mas já não falta tudo :) obrigada.

      Eliminar
  4. Vá-se lá entender. Há 2 ou 3 anos até punham aparelho colorido, para se ver bem. WTF?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Escolho sempre os elásticos rosa claro, muito discretos...coloquei uma vez o verde, e passei o mês inteiro a ouvir "Tens comida nos dentes!"...

      Sem comentários...

      Eliminar
  5. Custa usar aparelho nos dentes, eu sei que custa, mas quando se tira... compensa todo o sofrimento! Eu usei durante cerca de 3 anos... Mas foi das melhores sensações quando o tirei! :)
    Vais ver que não páras de sorrir durante uma semana... só para que todos vejam como estão lindos os teus dentes! E sem "enfeites"! :)

    ResponderEliminar
  6. Do ponto de vista de ser uma prática recente, pode considerar-se uma "moda". Há vinte anos não se via ninguém com aparelho nos dentes, o que não quer dizer que quem o use o faça por pedantismo.
    Deve ter acontecido o mesmo com o aparecimento do frigorífico e com a máquina de lavar... xD

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nessa altura, as pessoas ainda eram muito gozadas por usar aparelho...ninguém me tira da cabeça que foi a "Betty Feia" a mudar mentalidades ;)

      Eliminar
  7. Eu acho que o dizer que está na moda tem mais a ver com o facto se ser bastante comum vermos alguém usar aparelho. Devo dizer que há provavelmente muitos médicos dentistas que aconselham o uso de aparelho inadvertidamente. Pelo menos acho que já aconteceu comigo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu até conheço casos de pessoas que achavam que precisavam de usar, e os dentistas não aconselharam. Mas deve haver casos desses, sim...

      Eliminar
  8. Sei bem o que é isso... e acho que também me disseram que estava na moda aos 15 anos qdo o usei.

    é uma moda upa upa... e de noite então quando se usa elásticos cruzados na boca e debaixo para cima e de cima para baixo... Em dia de apertão como tu dizes só comia coisas moles, bem moles. Muita giro... ainda bem que já não uso :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Chloe, MEDO! Que é isso de elásticos cruzados de noite? Não cheguei ai...ainda (??).

      PS- hoje estou pior ainda do que ontem. A comer uma carcaça de manhã, só não chorei porque não calhou!

      Eliminar
  9. Quando eu era pequeno raros eram os putos que usavam isso e então adultos nem pensar. Aliás, quem usava tinha umas alcunhas bem porreiras ;). Como de há uns anos para cá, parece que toda a gente decidiu passar a usar (será que esta geração nasceu toda com a boca torta ?), sejam crianças, adolescentes ou adultos. Daí é natural que lhe chamem moda, sem que isso queira dizer que é um acessório. Acho que a maioria é mesmo por questões estéticas mais do que por problemas de saúde, o que não quer dizer que não haja quem use como o teu caso, para resolver problemas de saúde, mas acho eu que a maioria é mesmo para ficar com a dentadura mais direita.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Atenção, que eu quis usar por uma questão estética. O que não sabia, e fui surpreendida com esse "brinde", é que resolveria em parte o problema das enxaquecas.
      Percebo que lhe chamem "Moda" por ser comum ver mais pessoas de aparelho nos dentes. Mas referia-me às pessoas que, por exemplo a mim, chegam a dizer "Tu nem tinhas os dentes muito tortos, puseste porque está na moda". É só a estas que quero dar uma cabeçada. ;)

      Eliminar
  10. Eu ando a tentar colocar! :)
    A tentar, porque cada vez que me falam em tirar dentes para ganhar espaço, perco logo a vontade. Agora dizem que com os novos auto-ligáveis a coisa vai lá sem 'tiradelas'. Custa 'apenas' o triplo do preço dos normais pelo seguro... A ver vamos....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É toda uma logistica complicada, é. Mas com os resultados a aparecer, vais ver que sentes que vale a pena...a pior parte são mesmo os custos...mas a quem possa, o meu conselho é avançar! :)

      Eliminar
  11. Então ao confirmares que foi por razões estéticas mostra o porquê de lhe chamarem moda. Antes a generalidade das pessoas não tinha dinheiro para gastar com questões estéticas e os utilizadores eram quase só por doença/deformação mais ou menos profunda.

    Assim como há pessoas que compram ipads ou iphones porque está na moda, também põem esses ferros na boca porque os dr.s whites e outros quejandos criam cada vez mais a ideia que as pessoas só se podem sentir bem consigo mesmas se estiverem dentro de certos parâmetros ...

    Cada um é livre de tomar as opções que toma e se precisa de operações estéticas para se sentir bem consigo mesmo, força nisso ... Chateia-me é que as olhem cada vez mais para as capas e menos para os conteúdos dos livros, mas enfim, é a sociedade que temos ...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vou ter que discordar. O facto de tê-lo colocado por questões estéticas, sobretudo, não implica que ache que é chique andar com isto nos dentes, que é a imagem que se quer fazer passar. Se tivesse os dentes direitos, não o colocaria só para atingir a perfeição máxima.
      Quanto ao se olhar mais para a capa do que para o conteúdo, não me parece que aconteça mais ou menos agora. Há quem sempre o tenha feito e não vá mudar, e quem valorize o conteúdo.

      Se formos por aí, tudo o que fazemos para melhor a nossa imagem é moda. Deixamos de cortar o cabelo, ou fazer a depilação, por exemplo. Não vejo ninguém chamar moda a estas coisas.

      Eliminar
  12. O meu ponto é que as pessoas antigamente não punham os ferros por razões estéticas. Nem havia cores nem acessórios que os transformassem o uso dos ferros num acto mais chique.

    Acho que é indiscutível que cada vez mais a sociedade valoriza a imagem em detrimento do conteúdo, se é assim comparado com há 20 ou 30 anos, se compararmos com 50 ou 100 então nem se fala.

    Antigamente os homens não se depilavam, isso é mais uma mariquice dos tempos modernos imposta por uma cultura vigente que standartizou que os homens não devem ter pelos, sejam faciais (já não se usam os frondosos bigodes e barbas das décadas de 70 e 80), sejam do resto do corpo. Isso da depilação masculina é uma moda, pois parece que o ideal de beleza é gente imberbe, facto a que não se deve deixar de se associar que a sociedade glorifica a juventude e perfeição física pelo que todas as práticas que visem rejuvenescer a aparência e aperfeiçoar os atributos estão na moda.

    E é isso que me entristece, pois são as diferenças que enriquecedoras e curiosamente parece que toda a sociedade quer caminhar no sentido da uniformização ... Enfim ... Opções ...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sobre isso da depilação masculina, até posso concordar de certa forma...mas estava a falar da depilação feminina. Não deixa de ser uma questão estética, mas talvez seja de continuarmos a fazê-la ;)

      Eliminar
  13. Eu andei na moda durante 4 anos e 7 meses. O pior foi quando tive que andar com elásticos e uma placa nos dentes, para acertar a mordida. Hoje tenho a sensação de que um dos meus dentes esta constantemente a fazer pressão para sair do lugar. Ahahahah. Deve ser trauma. O meu médico dentista diz que esta tudo bem. É natural que eles cedam um pouco mas para não me preocupar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahhh, sei bem do que falas. Usei essa "placa" logo no início. Foram 6 meses de tortura...

      4 anos e 7 meses, deve ter sido dose...

      Eliminar
  14. Concordo inteiramente contigo. Ontem fui a uma consulta no dentista precisamente para pôr aparelho, já estou farta de ter os dentes tortos e pronto, toca a avançar com isto. Mas não é a decisão mais fácil do mundo, vou gastar uma carrada de dinheiro, andar ali com arame farpado durante uma cambada de tempo e sim eu sei que vou ter dores. Mas quem é que no seu perfeito juízo acha piada a isto?! :S

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Coragem com isso! Os resultados entretanto começam a aparecer e isso ajuda...há alturas em que custa mais, mas com alguma (!!!) paciência a coisa vai lá...Boa sorte :)

      Quem acha que se coloca isto por moda, merecia só um mês de arame nos dentes...era remédio santo ;)

      Eliminar
  15. Vamos assumir duas coisas:

    - este post foi inspirado no do Autor;
    - pelo menos 3 leitores/comentadores vieram da espelunca.

    E os royalties?

    Podemos adicionar que o Autor tem uma autoestima que não cabe no Blogger.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. POC, tu não tentes corromper as mentes sãs dos meus queridos leitores. Repara como ninguém usou as palavras sexo e/ou oral (porra, e agora sou a primeira) para comentar este post. Podemos assumir a possibilidade de ter sido pensado? Podemos. Mas não foi verbalizado.

      Queridos leitores, se querem a verdade dos factos reposta, aconselho uma leitura deste post http://simaoescuta.blogspot.pt/2013/03/aparelho-nos-dentes-alguem.html

      Aviso, porém, que este é um caminho sem retorno. Estão por vossa conta.

      Eliminar
    2. POC, a tua autoestima não cabe nem na blogosfera. Quando puseres aparelho, voltamos a falar?

      Eliminar
    3. @CM, "sexo" e/ou "oral", tudo no mesmo blogue? Enfim, deixei de cá vir.

      @xavi, bom, agora fui desarmado.

      Eliminar
  16. Este blogue tem muitos comentários. Chateia. Adeus.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi um gosto, POC. Por cá, não serás esquecido.

      Eliminar
    2. Um abraço. Adeus. Novamente.

      Eliminar
  17. Cheguei atrasada, mas venho a tempo;) isso das "modas" afeta mais os mais novinhos:) acho eu!
    Lá em casa já passaram as duas por essa onda (essa e a dos óculos), agora que o dentista confirma que a mais nova vai precisar de colocar um (só por causa de um dente da frente diz que é um aparelho remevivel espero que não seja dos casos mais dolorosos!!! senão ainda morro eu antes da filha só de a ver sofrer!) Ela deixou de achar piada à ideia!
    Um à parte: Acho indecente grande parte dos tratamentos dentários serem considerados estéticos mesmo pelas seguradoras e haver coisas que nem sequer são comparticipadas (como implantes por exemplo...)

    Jinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem mais. Os preços, mesmo com os seguros, são pornográficos. Dão vontade de chorar. Quase tanta como a dor dos apertões mensais.

      Eliminar
  18. Muito bem dito! Usar aparelho nos dentes tem de ser mesmo porque é necessário ou alguém quer parecer que anda em obras na boca, claro que não.

    ResponderEliminar

Elaborai à vontade a tua teoria.

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.