É basicamente isto.

É basicamente isto.

14 de maio de 2013

Mulheres com "eles" no sítio.

Às vezes acho-me uma mulher de coragem. Tirando o meu medo patológico de pássaros (provado mais uma vez hoje, à hora de almoço, quando envergonhei dois colegas  - que, certamente, não voltarão a sair comigo à rua -  e gritei porque o raio do pombo esvoaçou mesmo ao meu lado), não sou uma maricas ou medricas. Não há muita coisa que me meta medo, no campo da matéria. Mas, depois, quando vejo coisas como esta que aqui vos vou deixar, sinto-me pequena, pequenina, pequenininha.
Tenho um curso de mergulho ( que não tem sido usado, agora que penso nisto...)  e sei o quão assustador, e ao mesmo tempo fantástico, é o mundo subaquático. É uma sensação que não se explica, mas também requer um enorme auto-controlo. Mas isto? Isto deve mesmo ser um Mundo à parte. E se tenho certeza que jamais teria a coragem de experimentar, também sei que adorava tê-la.

Diz a loira (a corajosa, não eu), «Quero contribuir para acabar com o medo irracional das pessoas em relação aos tubarões e divulgar qual é o seu comportamento real e o seu papel no ecossistema marinho. Estamos a exterminar os tubarões. O ser humano só protege o que ama, e só ama o que entende. As pessoas não entendem os tubarões. Quero mudar isso».



(Mulher, digo-te eu, tem-los mais no sítio do que muitos homens!)

31 comentários:

  1. Pois eu, lamento imenso, gosto muito de ser maricas, medricas, o raio que me chamarem... há bichinhos com os quais NUNCA, JAMAIS, EM CIRCUNSTÂNCIA ALGUMA, de livre vontade, partilho o mesmo espaço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também não me estou a ver. Mas adorava!

      Eliminar
  2. Grande maluca :) Eu tenho um medinho deles...
    Beijinho

    ResponderEliminar
  3. Eu não faria isso porque tenho medo de água por não saber nadar, mas deve ser um meio fascinante mesmo =)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, mais difícil no teu caso! Mas ainda vais a tempo de aprender =)

      Eliminar
  4. Eu não sei se isso é coragem se é um parafuso a menos. Eu sou toda a favor dos direitos dos animais, não como carne, não uso produtos de marcas que façam testes aos bichos e essas coisas todas. Mas não posso dizer que ache o tubarão um animal fofinho e super seguro, porque não é. Se sou contra a exterminação dos tubarões, como qualquer outro animal? Sou. Mas temos de ver que há animais mais perigosos que outros. Como tal, também não me vou pôr ao lado deles.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também tenho dificuldade em perceber este "à vontade" com este animal, mas eu confesso que adorava ter este parafuso a menos e passar por esta experiência :)

      Eliminar
  5. Caramba, e eu que também sou Loira achava-me corajosa por andar no monte a descer pedras de bicicleta e por ter aprendido a nadar numa piscina com pé.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esquece! Ao pé desta, és uma menina.

      Eliminar
  6. Vendo isto só posso dizer; eu sou muito medricas só pode

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Somos todos! Ou quase todos, ao pé desta.

      Eliminar
  7. É bonito ela proteger os tubarões mas daí o ser humano só proteger o que entende...não sei não. Andam por aí algumas pessoas que eu nao entendo mas que amo...

    ResponderEliminar
  8. Por falar em mulheres que os têm no sítio e têm ao lado homens na mesma condição:
    http://www.standard.co.uk/news/celebritynews/my-heroic-angelina-brad-pitt-hails-courage-of-fiance-jolie-who-has-undergone-double-mastectomy-8614814.html

    Comove-me mais que os tubarões, em qualquer dia do ano.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi bonito da parte dela, sim! São um casal cheio de virtudes, aparentemente.

      Eliminar
  9. Só te digo uma coisa, cada vez gosto mais dos animais do que algumas pessoas, mesmo os tubarões sim.

    Agora discordo de uma coisa e não peço desculpa, és uma mulher de coragem e insistes na negação, ai, :)

    Reforço só as palavras da Loira e tuas que também escreveste: "Quero contribuir para acabar com o medo irracional das pessoas em relação aos tubarões e divulgar qual é o seu comportamento real e o seu papel no ecossistema marinho. Estamos a exterminar os tubarões. O ser humano só protege o que ama, e só ama o que entende. As pessoas não entendem os tubarões. Quero mudar isso".

    beijinhos e boa semana.

    PS: Tão bom, mas tão bom haver mulheres assim no mundo e sim estás incluída, bem a esperança continua viva.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada por me incluíres, Sérgio, mas acho que tão cedo não me vês nadar ao lado dos tubarões ;) e tens toda a razão, anda por aí muito tubarão de duas pernas, que quase faz este parecer um menino!

      BJS

      Eliminar
  10. Não sou tubarão, mas boa como ela, juro que "comia" antes dela sair da jaula. ahahah
    E ela ficava com "eles" ainda mais no sítio, mas era só por empréstimo. loooooooooooooool

    ResponderEliminar
  11. ADORAVA ter um curso de mergulho, não hei-de morrer sem isso :D

    Quanto a nadar com tubarões... Acho que também não era capaz...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É uma sensação BRUTAL! Avança com isso!

      Eliminar
  12. Também fiz o curso de mergulho. O PADI Open Water Diver. Infelizmente, desde da sua conclusão (em 2008!!!), nunca mais voltei a mergulhar e é das coisas que mais pena tenho. Quando falo do assunto, não hesito em afirmar que o mergulho foi mas melhores experiências pessoais que já tive. Está no meu TOP 5 (talvez até no TOP 3).

    Este video até me arrepia a pele. Não sei se teria coragem de fazer o mesmo, mas também não consigo afirmar que nunca o faria. Acho que devidamente acompanhado, era pessoa para arriscar...

    Uma vénia a esta Senhora!!!!

    PS - Não deixei que esboçar um sorriso ao ler o teu post. Também eu tenho fobia de pássaros. Mas à séria, mesmo!!! Como eu percebo a tua reacção à hora de almoço...eheh...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É exactamente esse que o cartão diz que tenho ;) Também não tenho usado, o que é uma vergonha. E ainda não experimentei mergulho no estrangeiro, mas isso quero mesmo fazer um dia!

      Eu ADORAVA ter coragem para experimentar isto. Se avançares, avisa...pode ser que te acompanhe :)

      PS- A sério??? Finalmente!!!Alguém!! São pavorosos, senhores...

      Eliminar
  13. Mais que eu, digo-te já....

    Mas, CM...medos dos passarinhos? tadinhos deles e das pombinhas....rsrsrs

    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. MUITO Medo! de todos! Grandes, pequenos, médios...não dá para explicar. Se esvoaçam ao meu lado, então, é matar-me aos poucos!

      Beijinho

      Eliminar
  14. Ahahahah:) há coincidências engraçadas nesta vida, há pouquíssimos dias perguntaram-me qual tinha sido o elogio que já me tinha sido feito de que eu tinha gostado mais, ao que eu respondi "Veio da boca de um homem já de uma certa idade com uma enorme experiência de vida e palavras pouco limadas que um dia me disse: " A senhora desculpe o que lhe vou dizer, mas tem de ser...a senhora é uma mulher de tom****:)!"...
    Agora eu enfrento bicho homem e bicho mulher todos os dias...bicho tubarão nunca experimentei:)


    jinhossssss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E olha que não é nada mal apontado, Suri! Enfrentar bicho homem e mulher todos os dias, exige um par no sítio!

      Bjs

      Eliminar
  15. Por acaso sou daquelas "gajas" que até se diverte a andar atrás de lagartos e osgas, não tem problemas com cobras, ratos... nah...
    Mas agora... Insectos? Aranhiços? Melgas? Tudo o que tenha pernas finíssimas tipo agulhas (ODEIO AGULHAS) e que têm mais do que duas patas, e se alimentam de ti sem pedir ordem... E aranhas.... Tipo... Mete-me nojo... Não gosto de insectos e acabou!!
    Venha tubarões, ursos, ao menos é uma morte digna que se calhar até aparece num canto oculto de um jornal da "província", agora, por ter sido mordida por uma aranha/bicho e morreu com uma doença/alegria manhosa qualquer?
    Nah, obrigada...

    ResponderEliminar

Elaborai à vontade a tua teoria.

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.