É basicamente isto.

É basicamente isto.

21 de maio de 2013

As despedidas de solteira/o.

Em breve, vou participar de mais uma destas festas de despedida do solteirismo. Seja lá o que for que isso quer dizer para quem, apesar de ainda não casado, tem um compromisso sério com outra pessoa. Adiante. Não sou uma cinzentona que vai agora escrever, sabe-se lá quantas linhas, a maldizer estas despedidas. Nada disso. Adoro uma boa festa e todos os motivos são bem vindos.
O que me parece deveras deprimente, é a forma como, na sua maioria, estas festas se processam. Vejamos:
 
Despedida de Solteira
 
Juntam-se todas as amigas da noiva num qualquer restaurante e/ou bar, esgotam o stock de álcool, guincham umas mais alto do que as outras, metem-se com os homens das mesas ao lado, gritam alto e bom som (não fosse alguém ainda não ter percebido) que a Joaquina vai casar e que é a última oportunidade para todos os outros homens à face da Terra e, nalguns casos, contratam um stripper. Enquanto isto, a noiva, que já nem consegue dizer o nome completo, tem um objecto fálico na cabeça, enquanto parte um bolo que tem um objecto fálico em cima e bebe as bebidas a partir de uma palhinha que tem um objecto fálico. A coitada ri, chora, ri, chora, ri, chora, não sabe se deve casar, quer é ligar ao noivo e dizer o quanto gosta dele, ou o quanto afinal não gosta. Acaba a noite com uma das poucas amigas que conseguiu manter-se sóbria, a agarrar-lhe no cabelo enquanto vomita num qualquer WC público. Vai ter uma ressaca que é coisa para durar uma semaninha, assim por baixo.
 
Despedida de Solteiro
 
Tem que ter stripper. E álcool, claro, mas um grupo de amigos que não contrate uma stripper para o noivo , ou que não o leve a uma casa de strip, não é um grupo de amigos. E noivo que não alinhe na brincadeira, é um perfeito maricas. Ou pior. A tipa já o prendeu pelos ditos e já o castrou. É ela que veste as calças lá em casa.
 
 
Se um dia eu casar ( e escrevo isto enquanto abano a cabeça da esquerda para a direita, e da direita para a esquerda), por favor, minhas amigas, fixem isto: quero que me levem dois dias para um sítio que tenha calor, boa comida (em quantidade generosa) e boa bebida (q.b.). Só preciso disto e de vocês.

39 comentários:

  1. Por isso é que estava a pensar em ti para me organizares a despedida de solteira... Subscrevo inteiramente o ultimo paragrafo. (vá deixo a boa bebida para as amigas :p)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu trato disso! Diz-me só para quando =)

      Eliminar
  2. Também gosto mais da tua festa! Mas, tenho que confessar, não entendo o conceito de despedida de solteiro/a, juro! É como se a pessoa fosse morrer e aquele é o seu último dia/noite à face da terra. Será que acham que depois de casar não há mais divertimento?!... Parece que a vida acaba quando casam...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu consigo entender, se for por ser mais fácil reunir todos os amigos no mesmo dia, no mesmo jantar...mas não entendo as pessoas que fazem a despedida de solteiro e nunca mais fazem uma saída com amigos, ou que de vez em quando não fazem um programa só com os amigos...

      Eliminar
  3. Não podia estar mais de acordo...acho deprimente as actuais despedidas de solteiro...são de uma falta de respeito (para não chamar outra coisa)...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uma pessoa vê coisas, que até o Diabo desconfia! Pouca gente pode contar a sua despedida de solteiro sem corar...

      Eliminar
  4. Ora aí está um bom exemplo de despedida de solteira/o! Não me anima em nada a ideia de um homem encebado e de tanga a roçar-se em mim ou uma qualquer stripper a acabar a noite com o meu futuro marido...na

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ai Liz, do que me lembrei. Já vi strippers que têm corpo para tudo, menos para...fazer um strip! e que têm um ar assim, como dizer, pouco asseado..

      Eliminar
  5. Eu quando casar também não quero nada dessas paneleirices, é como tu dizes, um sítio com tempo bom e comida boa!

    ResponderEliminar
  6. Eu na ultima despedida que fui, de um amigo, juntamo-nos em casa dele, tinahmos comida, bebida, vimos um jogo qualquer de bola, comemos muito, bebemos em conta... depois fomos todos até uma esplanada, eles beberem umas imperiais, eu beber um whisky, passear pelas ruas dos bares de Portimão, beber mais um pouco e ver as gajas, fomos a uma casa de strip ver um show, e depois casa!
    Foi calma, deu apra estarmos juntos, e nada degradante (nem mesmo o show de strip).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não me parece nada mal, não senhor. Mesmo a parte final. depende muito do show e da atitude dos participantes...Só isso de beber whisky é que me arrepiou, mas isso sou eu que sou menina para nem poder cheirá-lo ;)

      Eliminar
    2. Sou alérgico à cerveja, por isso aprendi a apreciar um bom whisky... Mas não abuso.. Sim, foi uma noite engraçada!

      Eliminar
  7. Xiiiii, bem sei que o que escreves também é verdade, mas não é só o que acontece.

    Felizmente, já tive o privilégio de organizar várias despedidas de solteiro de grandes amigos meus, incluindo a do meu irmão, no último Verão.

    Em todas elas envolveu uma actividade de grupo (paintball, karts e canoagem), um bom jantar e uma saída normalíssima à noite (olha que não é fácil um grupo de 15 ou mais gajos entrarem num estabelecimento nocturno que não seja de strip ou de alterne!!!).

    Duas delas foram fora de Portugal. Uma em Madrid e outra em Amesterdão (a do meu irmão) e, acredita, nenhuma meteu mulheres nuas a dançar em cima de uma mesa ou no nosso colo. Aliás, fartamo-nos de gozar entre nós que fomos fazer lá fora, aquilo que facilmente se fazia cá dentro. Mesmo em Amesterdão, o máximo que se fez, foi ver as montras e sempre de passagem, pois o Hostel ficava no red light district e as saídas foram sempre fora dele.

    Não sou contra as despedidas de solteiro, acho que até são um bom pretexto para juntar amigos e celebrar o momento. Até hoje adorei todas as que fiz.

    PS - Também dificilmente me casarei um dia, mas confesso, que, talvez por ter organizado tantas, tenho alguma pena por não ter tido a minha ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nix, mas é por estas e por outras, que és um homem decente! Uma raridade, infelizmente...e ainda por cima, até o teu irmão que também deve ser, já casou! Damn...primos, tens? ;)

      Organizei uma, até hoje. Fomos andar de Go car por LX, almoçámos à beira rio, e à noite houve um jantar à beira mar, seguido de horas na pista de dança. E acho que a noiva adorou todo o dia.

      Eliminar
  8. Levem-me para uma praia ou para um spa e sou uma mulher feliz

    ResponderEliminar
  9. Eu acho que essas típicas despedidas de solteiro não tem piada nenhuma, prefiro um sitio calmo sem muita bebida e muita conversa e animação!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não têm piada, e ainda dão uma valente ressaca e muita vergonha no dia seguinte...

      Eliminar
  10. E passados 6 meses estão a fazer a despedida de casados. lol

    ResponderEliminar
  11. Há uma coisa que eu não percebo: se a vida de casados é tão bom, porque raio fazem a despedida de solteiro??? Até parecem os condenados à morte que pedem a última refeição...!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É uma boa questão, é! Talvez no fundo estejam todos borrados de medo... !

      Eliminar
  12. Por acaso despedidas de solteira foi coisa que nunca apreciei, eu gosto muito de paz e sossego e esse tipo de confusões e histerias não fazem muito parte de mim

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já foi a algumas em que me diverti. E a outras em que estive a ser torturada, mesmo não sendo a noiva...

      Eliminar
  13. Dois dias num sítio quente parece um excelente plano. Aqui na Suécia tem que ser tudo politicamente correcto para variar e por isso não há strippers nem objectos fálicos para ninguém. O que se costuma fazer é fazer os noivos passar por vergonha na rua, por exemplo vestir o noivo de tanga e mandá-lo fazer um peditório. Também é giro :)
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há noivos eu prefiro não ver de tanga! E outros que...bom, não me importava ;)

      beijinho para a Suécia!

      Eliminar
  14. Isso ainda existe?! Credo...! Dou-me com pessoas tão "saudáveis", felizmente! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se ainda existe? Espere para ver a despedida de solteiro do seu marido. Vai ser feio.

      Eliminar
  15. Eu não fiz despedida de solteira, até porque quando me casei já morava há mais de ano com o maridão, logo... não achámos muita lógica!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ah mas deviam ter feito. Porque o mundo é como que se acaba depois do casamento.

      Eliminar
  16. Já para não falar das figuras tristes que uma despedida de solteiro levada ao excesso de alcool proporciona no dia seguinte -.-

    Eu gosto muito de festas pela noite dentro desde que no dia seguinte possa ficar em casa a dormir e com olheiras sem ter de ir para lado algum, muito menos para uma festa onde se tiram imensas fotografias.

    Quanto às figuras fálicas, eu sei que há zonas do globo onde ainda se celebra a fertilidade assim, mas... Não em despedidas de solteiras, até porque ainda não percebi muito bem qual é a ideia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quem não acha graça a um falo na testa?

      Eliminar
    2. POC... Ai é pela graça? Já estou a perceber porque não tinha chegado lá...

      No Japão em Kawasaki fazem uma festa em honra do pénis(que machismo! Mas pronto...) com intuito de apelar a fertilidade, mas pénis na testa...

      Há é pela graça entendi :p <--- NOT FUNNY!

      Eliminar
  17. (achei por bem responder aos leitores, ficou mal não terem direito a nada e os outros todos sim)

    Despedidas de solteiro são para diversão. E por diversão, entendo tudo menos traição e pilas nas cabeças delas!
    E se houver strip, que não seja decadente...

    Muito bem CM.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. POC, sente-te à vontade moço! O que é meu é teu! Geres tu isto a partir de hoje? Eu ia responder às minha queridas pessoas, assim que o relógio mo permitisse :p

      Queridos leitores, peço desculpa pela invasão deste senhor. Relevem, por favor. Ou não, que ele tem a sua razão.

      Eliminar

Elaborai à vontade a tua teoria.

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.