É basicamente isto.

É basicamente isto.

26 de julho de 2013

O dia dos Avós.

Este ano e, sobretudo, nesta fase, é-me difícil falar deste dia.

Presto-lhe homenagem com uma imagem que me inspira e me enche a alma.



22 comentários:

  1. Par amoroso, todos os amores deviam ser assim...
    Beijinho

    ResponderEliminar
  2. Pois, eu também não vou escrever nada sobre este dia porque não me apetece nada chorar..

    ResponderEliminar
  3. Ora, tão amoroso em público e na volta a velhota esconde as nódoas negras das cargas de porrada que leva em casa. Ahahah

    ResponderEliminar
  4. Olá CM,
    Como te compreendo, não conhecendo o meu querido avô e a minha querida avó ter morrido com um cancro fica a vontade de eles viverem sempre no meu coração e é assim que deves pensar neles hoje.

    Deixo-te um beijinho muito grande e bom fim-de-semana.

    ResponderEliminar
  5. Já só tenho AS avós, duas mulheres rijas que sobreviveram a tanta coisa que só de pensar me sinto pequenina!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Duas fontes de inspiração...Aproveita-as bem :)

      Eliminar
  6. Vou ligar a minha, como faço todos os anos, infelizmente é só a que tenho...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também já só tenho uma...de quase 85 anos, mas rija!!

      Eliminar
  7. E eu gostava tanto de chegar a velhota, com um amor assim. Em que apesar de todos os problemas que todos os casais tem, apesar do desgaste dos anos que passam, continua apaixonados. Há lá coisa mais bonita que isso?
    Beijinho*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não há, não. Se me prometessem um assim, até eu arriscaria :)

      Beijinho!

      Eliminar

Elaborai à vontade a tua teoria.

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.