É basicamente isto.

É basicamente isto.

27 de janeiro de 2014

A caminho dos Óscares.

Para quem é fã assumida de Cinema, esta época é assim qualquer coisa. Precisava de ter muito mais tempo livre do que tenho, para me dedicar a sério a este tema e ver tudo o que está nomeado. Até ver, estou com saldo negativo. Dos filmes nomeados, vi apenas quatro. Quatro! Q-U-A-T-R-O. Uma vergonha. Vou entrar em guerra aberta com o relógio, e colmatar esta falha. Vou deixar de fora as análises ao "Capitão Philipps" e a "Blue Jamine" e centrar-me nestes dois.
 
 
O Lobo de Wall Street (The Wolf of Wall Street)
 
Apaixonei-me pelo filme quase desde o primeiro minuto. Tem uma loucura de que gosto num filme. Tem exagero. Aliás, tudo é exagerado neste filme. O dinheiro, as drogas, o sexo. Tudo em dose excessiva, a um ritmo frenético. A adrenalina que o filme incute é tanta, que os 180 minutos voam. E depois tem Leonardo DiCaprio, esse miúdo que se tornou gigante. Eu tinha uma confessa implicância com este actor. Implicância dos tempos do "Titanic", que ele foi conseguindo esfumar ao longo dos tempos. "O Aviador", "Shutter Island" e "A Origem" acabaram por me fazer dar o braço a torcer. E agora, com esta interpretação, estou completamente rendida a Leo. Que imenso actor. Que entrega. Que capacidade de interpretar o que quer que seja. O filme está carregado de cenas em que dá tudo de si. Impressionante. Só ele, é meio filme.
Matthew McConaughey está, também ele, brilhante nas aparições que faz. Brilhante. E até a loiríssima Margot Robbie, de quem não esperava mais do que um pestanejar bonito, está excelente. O filme tem tudo para ganhar muita coisa nesta edição dos Óscares. Ou então não. Não parece existir meio termo nas criticas ao filme. É um caso típico de amor ou ódio.

 
 



 
 
A Golpada Americana (American Hustle)
 
Este tem, desde logo, o meu actor preferido. Mr. Bale, Mr. Christian Bale. O melhor Batman de todos os tempos. Mas deixemos isso agora. O argumento não é o mais elaborado do mundo, mas está muito bem conseguido. Não querendo estragar o filme a quem ainda não o viu, não é uma das típicas histórias em que os vigaristas têm o que merecem. Bale não desilude (como é que poderia desiludir?), nem mesmo com aquela barriga irreconhecível, e oferece-nos mais uma grande interpretação. Bradley Cooper, mesmo com aquele cabelo indescritível, continua a provar, cada vez mais, que isso de ser uma cara laroca apenas, não é para ele. Está ali muito potencial. Amy Adams está perfeita, enigmática. Tem um guarda roupa pornográfico, só para chamar a atenção dos leitores masculinos. E Jennifer Lawrence está perfeita no papel da descompensada Rosalyn.
Nota muito positiva para a excelente banda sonora.





Antes de terminar este post, tenho mesmo de colocar aqui duas imagens, para que não existam confusões. O Christian Bale e o Bradley Cooper da "Golpada Americana", são esses nas imagens aí em cima, mas também são estes que se seguem. Praise the Lord.





25 comentários:

  1. A Golpada Americana? Sério?
    Para mim, só valeu pelo Bale e pela banda sonora que nem sequer é original...
    Vale os 10 Óscares para que está nomeado?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gostei mesmo muito. Não sei se vale os 10 Óscares, mas eu gostei.

      Eliminar
  2. Não dou muito pelo Leo (a nivel nenhum), mas adorei, há montanhas de anos atrás, o "catch e if you can". Titanic não vi xD ahahah

    Bradley Cooper não comento porque coise.... :$ cof cof... é melhor não :$

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Está muito bem nesse também, está. É grande!!

      O Bradley é feio e mau actor e não se aproveita nada...

      Eliminar
  3. Respostas
    1. Correeeee! Aconselho ambos, como é bom de ler.

      Eliminar
  4. Eu não vi, nem verei no grande ecrã, "O Lobo..." - não tenho esqueleto para três horas numa cadeira de uma sala de cinema! Dos nomeados, o meu favorito é, sem dúvidas, "Dallas Buyers Club"!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. 3 horinhas, menina, não custa nada! Esse tenho de ver com a máxima urgência...diz que é a maior concorrência ao Lobo...

      Eliminar
  5. Só vi o 1ª filme e até se vê lol
    Achei demasiado grande mas até passa rápido. Tem uma história interessante.

    Sim, esses dois, ai senhores.

    Beijocas

    ResponderEliminar
  6. Confesso que ando completamente à toa este ano :S
    Falta de tempo e paciência :S
    Mas quero muito ver esses 2 filmes (mais 2 para a longaaaa lista xD)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acelera, Roger, tu acelera homem! Há muita coisa para ver...tic tac...(sentes a pressão??)

      Eliminar
  7. Vi 6 dos nomeados. The Wolf...sem dúvida.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A sério? Quem já viu os outros, tende a dizer que ainda não leva o Óscar...vamos ver.

      Eliminar
  8. Adorei estes dois filmes, principalmente o Wolf. O Leonardo DiCaprio, de quem eu também não gostava nada dele mas agora digo que é dos meus actores preferidos, neste filme em especial excedeu-se! E no American Hustle adorei o papel da Jennifer Lawrence! Thank God for me!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem mais, precisamente.

      "Thank God for me", foi épico. A gargalhada :)

      Eliminar
  9. Tanto cinema à minha espera...

    beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O cartaz anda recheado...não há agenda que aguente.

      Bjs e boas sessões

      Eliminar
  10. Reiterando a minha opinião sobre o "American Hustle", a única golpada é mesmo o filme ser da treta! Ninguém sobresai num argumento batido e fraco. Vale-nos a banda sonora..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, que não podíamos estar de acordo, não era? Estão todos tão bem, que a dificuldade é escolher quem se safou melhor no seu papel. Talvez a Jennifer.

      Eliminar
  11. Não te esqueça que os grandes filmes não estreiam apenas em vésperas de Óscares ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu vou ao cinema, pelo menos, uma vez por semana. Fora o que vejo em casa. Não me esqueço ;)

      Eliminar
    2. Eu tenho essa ideia de ti, daí ter estranhado o post :)

      Eliminar

Elaborai à vontade a tua teoria.

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.