É basicamente isto.

É basicamente isto.

27 de novembro de 2013

A pressão Natalícia. A pilha de nervos que isso causa à Autora.

Se há pessoa que gosta do Natal, sou eu. Se há pessoa que adora ver o País a piscar, sou eu. Se há olhos que brilham perante os enfeites de Natal (uma coisa com bom gosto, não confundir com as piroseiras que se vêem um pouco por todo o lado nas janelas e portas das pessoas, nesta altura. O ano passado devo ter feito um post a arrasar com algumas dcorações, é procurá-lo, tendo interesse) e as próprias das músicas da quadra, são os meus. Mas se há pessoa que, igualmente, se enerva com a pergunta "Então? já compraste os presentes de Natal??" e com o esbugalhar de olhos que se segue quando respondo "Em Novembro?? Já, já. E já comprei as tuas amêndoas da Páscoa. Espero que não se estraguem", sou eu também. Eu não sei muito bem o que se passa, e como é que um número tão grande de pessoas já conseguiu fazer as compras de Natal, mas a verdade é que me sinto a um passo de ser a única a não ter um único presente comprado. O que até faz sentido, ao invés de fazer de mim uma desleixada. Como é que essas pessoas a quem já compraram os presentes, vão poder trocá-los caso olhem para eles na noite de 24 e lhes apeteça chorar de desilusão? Tenho uma Amiga que diz, com uma enorme descontração "Quero lá saber. Se não gostar fica para mim, que gosto". Esta não merecia presente, mas até nem é má miúda.
Venho, por estes motivos e por este meio, instituir, oficialmente, o dia 10 de Dezembro como bom dia para começar a pensar nos presentes. Antes disso, não. Antes disso, não me perguntem se já tenho tudo pronto, se não acho que é tarde, se não estou em pânico. Não, não e não, são as respostas. 
Aproveitemos este tempo para reflectir em quem merece receber um presente. A minha lista é, infelizmente, cada vez mais curta. E, embora em tempos de crise isto tenha o seu lado positivo, parecendo que não, é triste. Bastante.

17 comentários:

  1. eu tambem ainda nao tenho nada comprado. Deixo sempre tudo para a ultima.

    http://fromportugaltonyc.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  2. Também não as compro em Novembro, mas se há coisa que odeio na época do Natal (que também venero em todos os seus aspectos) é deixar as compras para a "última da hora". E por isso já me ter acontecido num ou outro ano, optei por começar a tratar das ditas no início de Dezembro. Sim, entre o dia 1 e 10, começo o meu périplo pelas superfícies comerciais e pelos sites de compras online (uma excelente alternativa que recomendo). Olha que praticamente todas as lojas permitem as trocas de prendas de Natal até ao fim do mês de Dezembro e algumas até durante Janeiro.

    Quanto à tua lista, antes poucos mas bons...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso das compras online é mundo no qual ainda me custa aventurar...talvez para algum tipo de bens não seja tão arriscado, mas comprar uma peça de roupa, uma mala, um par de sapatos sem os ver ao vivo e a cores, ainda é coisa que me arrepia.

      Não nos cruzamos nas compras, assim sendo ;)

      Eliminar
    2. Se nos cruzássemos ainda roubavas aquele último artigo exposto que eu queria comprar e depois tinha que chamar a Polícia. Uma chatice!

      Eliminar
  3. Eu dou apenas prenda de Natal à minha mãe e a uma amiga de infância. E não há como errar, porque a minha amiga leva um cartão-oferta da Fnac e a minha mãe dá-me dicas... :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso sim, é uma vida Natalícia simples! QUERO :)

      Eliminar
  4. Eu tenho o dom de deixar tudo para a última da hora... Por falta de tempo vou sempre adiando até à ultima. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É qualquer coisa que nasceu connosco, Portugueses...

      Eliminar
  5. Se fazes a árvore de natal no inicio de novembro, bem que podes começar logo também a comprar as prendas. Também não tem lógica já teres luzes de natal a piscar sem ser dezembro..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso do início de Novembro só aconteceu no ano passado. Comprei logo porque encontrei uma promoção e em vez de atirar a pobre para a arrecadação, ficou logo na sala. Sobre as luzes, ora que não podia discordar mais...adoro. Se não fosse passar por doidinha, estavam acesas todo o ano...isso e a conta da luz, claro...

      Eliminar
  6. Olha que a minha lista também é bem curta e apesar de ainda não ter os presentes todos, mesmo se os comprasse em Agosto, tenho a certeza que as pessoas vão adorar =)
    Só ofereço a quem conheço bem e já são muitos anos disto lol

    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olha, invejo-te a confiança! Sou uma indecisa de primeira nisto da arte de ofertar.

      Beijinhos

      Eliminar
  7. Eu quase que nem me lembro que o Natal está aí à porta, mas a lista também não é muito grande por isso não estou preocupada

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mega fã do Natal, deste lado. Mas não tanto dos presentes.

      Eliminar
  8. Eu deixei de gostar do Natal, por motivos que já expliquei no blog (neste e também no antigo). Mas também costumo comprar as prendas em Dezembro - embora saia, de facto, mais barato comprar antes :P

    ResponderEliminar

Elaborai à vontade a tua teoria.

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.