É basicamente isto.

É basicamente isto.

5 de novembro de 2013

A força da mente consegue tudo, consegue até correr.

Eu prometo que não me vou tornar numa daquelas pessoas que vos moem a cabeça com as vantagens de fazer desporto e que não falam de mais nada, e que vos esfregam na cara os resultados que vão vendo e que vos fazem sentir uns fracos (e balofos) que só estão bem sentados no sofá agarrados aos pacotes de batatas fritas e aos toblerone (quantos de vocês estão já a corar e a olhar para trás para confirmar que não estou aí??). Mas, e apesar de prometer isto tudo, uma coisa tenho de vos dizer e peço que acreditem nela, que eu não sou miúda para vos enganar : a nossa mente tem um poder que nada ultrapassa, porra! Eu, preguiçosa crónica, como sabem, há alguns meses resolvi olhar para o espelho de frente e perceber que se não fizesse nada, este corpo que ainda se vai aguentando apesar dos 34 anos no lombo e da alimentação só comparável com a de alguém a quem nunca ensinaram o que é alimentação, iria ceder. Literalmente. Descair, ficar flácido. De seguida chegou a saga da compra dos ténis. Depois, a saga do "arranjar motivação para calçá-los, de facto, e correr", inicialmente ultrapassada com o pensamento "já que gastaste dinheiro nesta porra, agora vais usá-los, minha menina!".
A coisa até nem ia mal, até ao dia em que percebi que, com esta mania de mudar as estações do ano, em breve teria de arranjar motivação para sair de casa de noite e correr. Mas mais, sair de casa de noite para correr, mesmo com chuva, que isto de exercitar o corpo deve ser constante. E isto fez-me acreditar, durante uns bons dias, que a veia desportista tinha morrido ali. No final do Verão.
Esta conversa toda é para vos dizer que, lá está e voltando ao titulo do post, está tudo na nossa mente. É a forma como pensamos que determina o que somos, o que fazemos, tudo. Parece um lugar comum, não parece? Pois não é, diz-vos a tipa mais preguiçosa que podem conhecer, depois de ter conseguido o feito de correr, já de noite e à chuva. Impensável, há uns tempos. É assim uma coisa simples para o comum dos mortais, bem sei, e muitos estarão a pensar "big deal", mas sim, para mim é uma vitória enorme e o suficiente para ter percebido que, como em tudo na vida, é a (maior ou menor) força de vontade que irá determinar a forma como a nossa vida se processa.

Faça sol ou faça chuva, CM correrá. E vocês, meus preguiçosos, façam o mesmo. Ou qualquer coisa parecida.


24 comentários:

  1. hahah a corrida esta a afectar as gajas da margem sul so pode

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. NIX, faltas tu! Tenho de te ir buscar pr uma orelha??

      PS- receita a caminho :)

      Eliminar
  2. Como eu te percebo!! Baldei-me a muitas aulas de hidroginástica com a desculpa de que achava frio ou que sair do pavilhão com o cabelo molhado e apanhar chuva me deixaria molhada. Este ano levo a coisa a sério, molho o lombo as vezes que forem precisas e não morro por isso..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Grande NTW! Vamos manter, as duas, esta resolução, sim?

      Eliminar
  3. É verdade a mente é muito poderosa pode-nos levar ao topo como nos pode destruir, tudo depende de nós. Gostei muito do teu blog.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem mais. Em todo e qualquer assunto, é ela que manda.

      Obrigada.

      Eliminar
  4. Eu sou completamente fã de correr à chuva. Para mim é a melhor maneira de correr.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda não me considero fã, mas talvez um dia.

      Eliminar
  5. Os meus sinceros parabéns!!!

    Já sabes que adoro desporto, mas também tenho os meus momento de preguiça. Contudo, se há coisa que me dá gozo é praticá-lo em condições difíceis. Precisamente para obrigar a mente a ser mais forte que o nosso corpo e ela lá vai ganhando...

    Ainda aqui à umas semanas atrás um dos melhores treinos que fiz foi, precisamente, correr por Lisboa com o meu irmão, a um domingo a chover torrencialmente.

    Não páres!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. À conta da brincadeira, já ganhei mais uma constipação. Mas nada que não passe depressa. Não pararei!!!

      Eliminar
  6. Muito bem. É assim que tem que ser.
    Eu infelizmente deixei de ir para a rua, mas faço a minha bicicleta em casa.
    Já estou doente e tudo, começa a saga... Daí evitar mesmo apanhar chuva =s

    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também já me constipei, mas não desisto :) Em casa não faço nada, atir-me para o sofá!

      Bj

      Eliminar
  7. Gostei do post, concordo com imensa coisa

    Sónia
    Taras e Manias

    ResponderEliminar
  8. Respostas
    1. Também eu, juro que sim. Se eu consigo, qualquer pessoa, basicamente, consegue.

      Eliminar
  9. Mais uma vitória, dá-lhe Cláudiazinha :)

    ResponderEliminar
  10. Boa CM, prometo começar a correr em breve também, que isto de andar só de bicicleta é pouco para mim.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pouco? Não gozes com o comum dos mortais, loira!

      Eliminar
  11. É assim mesmo CM! Já fiz corrida (jogging) todas as manhas. Agora, faço as minhas caminhadas matinais também. Vou voltar a correr em breve :) É ótimo. Faz bem a tudo! Continua e terás uma "concorrente" hihihi ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E eu bem sei! Continuo sem saber como consegues essa energia de manhã, amiga. Mesmo.

      beijinho grande, vai aparecendo

      Eliminar

Elaborai à vontade a tua teoria.

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.