É basicamente isto.

É basicamente isto.

18 de junho de 2013

CM e o vício dos jogos. Tudo sobre a relação de dependência.

Posso até ter um aspecto girly, dar importância aos detalhes, ser a típica mulher em muitas coisas, mas noutras sou tão homem que até assusta. Uma delas é claramente o vício dos jogos.
Durante anos, enquanto vivi debaixo do mesmo tecto que o maninho, era eu quem controlava as consolas do coitado. Ele jogava quando tinha a sorte de me apanhar fora de casa, porque se estivesse em casa, a probabilidade de estar agarrada ao comando da consola a jogar, era de quase 100%. No Colin McRae, no Daytona e no Need for Speed, era praticamente impssível ganhar-me.  Hoje em dia, tenho a certeza que não posso ter em casa uma consola, na idade adulta. Temo por mim. Temo perder o emprego por ficar a jogar até de manhã, temo ganhar raizes no sofá, temo perder o contacto com o mundo exterior, temo vir a viver com um homem que tenha o mesmo vício. É garantido que preciso de uma cara metade que não sofra do mesmo, como se eu própria fosse aquele homem que as mulheres se queixam de descurar o resto da vida a dois, em deterimento das horas que passa agarrado às consolas. Temos pelos dois, se calha juntar-me a um destes.
Há 3/4 anos, e é com alguma vergonha que hoje assumo isto, andei viciada no Farmville. Eu sei que era eu e mais o resto do Mundo, mas hoje isto parece-me tão parvo, que não entendo o que aconteceu. Lembro-me de ouvir falar do jogo, de rir à gargalhada na cara dos amigos que jogavam, e passado meia horinha estar agarradissíma ao computador, a plantar, a semear, a podar, a construir, como se aquilo fosse mesmo qualquer coisa com sentido. E mais. Eu era daquelas que jogava o raio do jogo com o som ligado. Dá para acreditar? Uma desgraça. Demorei a sair deste transe...
Actualmente, e porque não arrisco comprar uma consola lá para casa, caí novamente no vício e no erro. Caí no erro de experimentar um jogo de que todos falavam, uma coisa assim mais girly mas, surpreendentemente, muito jogada também pelo sexo masculino, que se chama Candy Crush. É que só visto. As horas que já perdi, de olhos em bico, agarrada ao telemóvel. Em todo o lado. No comboio, na praia, enquanto o jantar está ao lume, enquanto falo ao telefone com gente chata, tudo serve.
Quem já joga, sabe do que falo. A quem não joga ainda mas sofre do mesmo "problema" que eu, sugiro que se mantenha "afastado da luz". É um caminho sem retorno.

Caso para terapia?

44 comentários:

  1. Compreendo-te! Tbm sofri do mesmo e com o Candy Crush Saga, é igual. É viciante, ora essa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Às vezes, o melhor é nem começarmos a jogar..agora é too late para voltar atrás!

      Eliminar
  2. Podes crer que é um caminho sem regresso....

    Mas há certos jogos que são fixes, sim. Nas consolas depende dos jogos e do frenesim:))))

    Beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se me livrar deste, tão cedo não me meto noutro...digo eu!

      Beijinho

      Eliminar
  3. eheh o meu A é assim, mas eu não sou muito dada a isso!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estão perfeitos um para o outro, então! =)

      Eliminar
  4. Tenho que ir investigar esse jogo... não conheço :) Mas também adoro jogos :)
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Flow, afasta-te da luz!!! Tem noção que depois não há nada a fazer...boa sorte ;)


      bjs

      Eliminar
  5. Ai ai ai... como eu te entendo! Há uns anos também eu era toda um só vicio em need for speed... Aqui em casa jogava-se no pc [o papá de cada vez que ia para fora, quando voltava trazia um cd novo. era o raio da loucura] e faziamos torneios: eu, ele, a twin, o mano grande... era terrivel!
    Com o farmville, passei pelo mesmo drama que tu... Eu tinha uma quinta daquelas todas XPTO. GOD que pancada. [agora nao posso nem ver o jogo... tenho-o, inclusivamente, bloqueado ahah]. Mas o Candy Crush é uma verdadeira desgraça... quando eu chego a um nivel que me é mais complicado de passar, penso "naa... assim nao pode ser... vou deixar de jogar esta porcaria". Mas assim que tenho vidas outra vez, la vou eu experimentar mais uma vez! Se precisares de terapia, junto-me a ti :$

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Opá, Lia, deixaste-me com tantas saudades desses tempos! As competições em família eram a minha parte favorita...sempre fui muito competitiva.

      Eu conhecia gente que até já tinha balões de ar quente nas quintas, vê tu!

      Tal e qual! Gasto as 5 vidas e penso "acabou-se por hoje!" Qual quê...passado um tempo, lá estou eu a ver se tenho vidas de novo ou se alguém mas deu! Terapia conjunta!

      Eliminar
    2. O que é que tu tens contra pessoas que tinham baloes de ar quente, torres eiffel na quinta? :$ ahahahah

      Eliminar
  6. Só tenho 3 palavras: World of Warcraft

    PS: eu não jogo...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado por referires o jogo onde perdi 4 anos da minha vida! :D

      Eliminar
    2. Não conheço esse, e a avaliar pelos vossos "testemunhos" vou manter-me na ignorância.

      Eliminar
  7. Como te compreendo, eu adoro o candy crush, o jewels star, o diamond dash, a ligação de fluxo, o tic tac toe, o tetris e o mahjong solitaire tenho todos no meu telemóvel e quando tenho um espacinho de espera seja para o que seja lá estou eu nos santos joguinhos ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. És cá das minhas!! Não conheço todos os que referiste, ms o mahjong também me leva algumas horas...

      Até no trânsito já dei por mim a jogar!

      Eliminar
  8. Olá, o meu nome é karina sem acento e sou viciada no candy crush!
    E quando foi do farmville, andavam todos a pedir para eu jogar, para ser vizinha e eu só dizia: "euuuuu? eu não jogo a isso, que parvoíce!". Pois está bem, passado pouco tempo lá andava eu a semear e a colher batatas. Até já a minha mãe me perguntava como é que andava a minha quinta. :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :) A partir de hoje, não me rio de ninguém que jogue o que quer que seja. Começo por rir, e depois vou lá cair. Sim, os meus Pais também tiverem ali um período em que pensaram ter perdido a filha para a loucura...

      Eliminar
  9. Só tenho uma coisa a dizer: ODEIO-TEEEEEE lol

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. TOLD YOU!!! "Larga isso, Cláudia Maria!", "Larga o vício, mulher!". E eu a pensar "espera, tu espera pela pancada!!" :)

      Eliminar
  10. Ao ler este teu post, só me ocorre uma coisa...Nunca poderíamos viver debaixo do mesmo tecto...eheheheheh ;))

    Actualmente consigo sustentar o vício apenas com os jogos de telemóvel. Diamond Dash, Bad Piggies e o clássico, mas que eu ADORO, Angry Birds (a versão Star Wars é qualquer coisa do outro Mundo, lool).

    Tenho um colega aqui ao meu lado que é viciado no Candy Crush e está farto de tentar levar-me para as trevas...Queres ver que vou ceder à tentação...

    PS - Bem-vinda de volta. Deu para perceber que as férias valeram a pena...Inveja...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nix, ai não podíamos não! Aquilo nunca seria uma casa!!

      No Angry Birds joguei durante meses. Tenho a versão Star Wars instalada, mas confesso que ainda nem a abri...

      Eu digo-te só isto...experimenta. Vai jogando e depois diz-me se, lá para o nível 20, já não estás completamente viciado.

      PS- Obrigada! Valeram, mas fiquei com aquela pulga atrás da orelha...

      Eliminar
  11. Nunca pensei!! Pois te digo que o meu Facebook foi criado para jogar Farmeville. Ainda passei o vicio ao N. que ate entao gozava comigo. Partilhamos conta de Fb por conta do jogo. na altura ainda estudava, e lembro-me de lhe mandar sms para apanhar os morangos e plantar outra coisa. AHAHAH Foi muito importante para construirmos a nossa relacao, ja que estavamos no inicio da relacao. Aprendi a confiar nele assim AHAHAH

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. LINDO! O Farmville a aproximar casais! Ainda dizem que não há benefícios!!

      Eliminar
    2. Estou cá para contrariar estatísticas.

      Eliminar
  12. Olá CM,
    Um assunto sério e delicado e por isso os meus parabéns pela partilha e pelo belíssimo texto.
    Em relação aos jogos, ai ai o Need for Speed, em relação ao jogo Farmville nunca joguei porque sabia que ia ficar viciado mas depois que estudei a lógica dos jogos não me assusta e não tenho também prazer em jogar, há mais vida para além de um jogo mas acredita que alguns é muito complicado mesmo.

    beijinhos e continuação de boa semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu não consigo evitar. Tenho noção do tempo que perco, tenho noção que não me acrescenta grande coisa na vida, mas lá estou eu...agarradíssima!!

      Beijinho!

      Eliminar
  13. Por saber que me deixo viciar, é que não jogo a nada.
    Deixei-me viciar nos tempos do ZX Spectrum e chegava a adormecer a jogar ténis de mesa.
    Muito antes de existirem consolas e PC's, andei uma temporada viciado em bilhar. Ia para a cama a imaginar jogadas... ficava com uma dor de cabeça... eheh
    Agora não jogo nada. Outro dia fui buscar Angry Birds, para o tablet, mas já o desinstalei.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Portanto, tu venceste o vício! Há esperança!!

      Eliminar
  14. Nunca me vicei em jogos...yuppiii :)

    ResponderEliminar
  15. Facebook não tenho, portanto desses jogos não posso falar xD
    Quanto aos outros... Há uns anos, na adolescência, era algo viciado. Hoje em dia, até porque nem tenho tempo para viciar, só não consigo mesmo largar o FM (Football Manager). De resto, só ocasionalmente jogo Fifa, Need for Speed e GTA :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ai o Need for Speed, ai ai...nem posso pensar nisso, não vá voltar a essas pistas!

      Não tens Facebook, o que já é um bom indicador de não caíres em vícios facilmente. As redes sociais também o são.

      Eliminar
    2. Tenho outros vícios :$
      Sou fumador, por exemplo :$

      Eliminar
  16. Bem, eu posso dizer que perdi anos da minha vida agarrado a um jogo! Aquele que o Sérgio Saraiva falou. Mas quando digo perder, é mesmo perder! Não fazia mais nada: não estudava, não trabalhava, não dormia, mal comia, não saia de casa! Foram tempos negros de um grande vicio. Entretanto aquilo lá foi acalmando, e hoje, se estou viciado em alguma coisa, é no blog.
    Também fui viciado no farmville, tal como 90% da população com acesso ao facebook, mas hoje, apago imediatamente todo e qualquer convite para jogos.

    CM, tu larga isso antes que seja tarde demais!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso é que foi, Mustache!! Posso espicaçar o teu vício, posso? Experimenta o Candy Crush... vá lá...!

      Too late!

      Eliminar
  17. Antes, jogava imenso no PC. Larguei-me disso, até que há 2 anos comprei a PS3. Fico agarrado a alguns jogos. O último Tomb Raider é qualquer coisa... divinal, e eu sempre gostei de todos, mas este último. Os Uncharted, divinal também. PES é obrigatório. Mas há mais, muitos mais. Mas não no verão, no Verão corto. Há vícios bem mais interessantes. Nos Açores, numa ilha como São Jorge, onde a natureza tem tanto para oferecer, o mar, as fajãs, os passeios, as festas de verão, acabo por deixar esse outro vicio de lado.

    Quanto aos jogos do facebook, bloqueio todos. Ok, todos menos um. Melhor, tinha-o também bloqueado, mas desbloqueei porque a miúda me pegou o vício. Qual? Candy Crush. lol. Mas até esse o verão me faz deixar de lado. Ainda bem.

    A minha gaja vai no nível 320 ou 330, nem sei bem. É doida a gaja. E eu nos 113 ou lá o que é.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também andei agarrada ao Tomb Raider, ao primeiro, se não me engano. É um problema, não posso ter jogos por perto.
      Sim, no Verão tens mais com que te entreter, e fazes tu muito bem. Não conheço os Açores, dá para acreditar? É uma falha enorme, gigante, que tem de ser colmatada.

      Nível quê?? Mãe do Céu...isto tem assim tantos níveis? Eu comecei há pouco, vou no 40. E já me parece quase impossível avançar.

      Beijinhos

      Eliminar
    2. Realmente é inacreditável não conhecer os Açores. Um erro tremendo.

      Ela vai avançando no mapa, e eles vão acrescentando os níveis. Tipo, só existe até ao 337, ela vai no 330, e quando chega ao 337 já eles acrescentaram o jogo até ao 343, com uma placa qualquer a dizer "em construção", ou qualquer coisa parecida. Eles fazem tudo para manter o vício. :P

      Eliminar
  18. eu não tenho nenhuma obsessão por jogos, mas também já tive a doença do Farmville :p

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Conselho de amiga : não experimentes o Candy Crush...

      Eliminar
  19. Também tenho o Candy Crush no telemóvel! Ahahahah

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É quase obrigatório! É quase tão importante já, como usar o tlm para fazer chamadas ;)

      Eliminar
  20. Não aguentei e acabei de me iniciar no Candy Crush...Para teu bem, espero não ter que vir aqui tirar satisfações...Muaahahahahah...

    ResponderEliminar

Elaborai à vontade a tua teoria.

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.