É basicamente isto.

É basicamente isto.

20 de junho de 2013

As Mulheres e as fardas.

Vamos falar do cliché mais antigo do Mundo? Faço parte da carneirada de mulheres que tem de conter um suspiro/gritinho quando vislumbra uma farda. É inevitável. Cruzo-me com centenas de homens diariamente, mas se um vestir uma farda, é garantido que vou olhar duas vezes. Não há como não olhar. Pode ser um trambolho, mas a farda já me chamou a atenção e, na minha cabeça, está ali um homem bonito e charmoso. Há ali qualquer coisa de deveras atraente, sedutor, atractivo. Não sei se é da sensação de poder que a farda emana, se é a curiosidade em relação ao que fazem estes homens aparentemente cheios de poder no seu dia a dia, não sei se é da vontade de passear de braço dado com eles e mostrá-los ao Mundo, mas é assim e pronto. Ontem, em pleno supermercado, no corredor das bolachas (não falemos disto, adiante, avancemos), tropecei em dois moços com aquela que julgo ser a farda da Marinha Portuguesa (também eles comem bolachas, fica já esta questão esclarecida aqui), e o fenómeno repetiu-se. Eu, que sou distraída ao ponto de ser possível encontrar um conhecido neste mesmo corredor, nem dar por ele e passar pr mal educada, olhei duas vezes (ou três, but who's counting?) e sou capaz de ter fantasiado um bocadinho. Como é óbvio, estes homens têm perfeita noção deste poder que exercem. Ia jurar que trocaram um sorriso à laia de "resulta sempre". Não é à toa que qualquer show de strip masculino que se preze, começa com uma farda de bombeiro, polícia, oficial da marinha ou afim. Algum stripper se veste de Advogado ou de Director Financeiro? Pois que não.
Este episódio fez-me pensar que, em tempos de jovem universitária, podia ter estabelecido um romance que, quiçá, teria resultado num feliz casamento com um jovem destes. O que é que fiz? Não lhe liguei patavina, claro está. Estará agora casado, Pai de filhos e a ser passeado pelo braço de outra.
Aos homens que estarão desse lado a revirar os olhos, desculpem lá, sim? Se vocês podem ter os vossos clichés e gostar das mamalhudas, perder a cabeça com altas, loiras e de olhos azuis, fantasiar com as saias curtas das executivas e etc, fiquem sabendo que nós também temos as nossas fantasias.

Há por aí mulheres que resistam a isto?

PS- palpita-me que em breve, muito breve, sou menina para rever o "Oficial e Cavalheiro". Fardas e Richard Gere? O que é que uma mulher quer mais?

43 comentários:

  1. Eu sou quase imune às fardas, excepto as das Força Aérea! Mas há uma explicação: eu adoro aviões! :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tenho uma amiga com quem poderias ter grandes conversas. É DOIDA por aviões, aeroportos, etc...

      Eliminar
  2. Eheh...fardas, pois então. As da polícia, essas não de certeza, quando te mandam parar :))

    Eu gosto dos uniformes de enfermeira :)))
    (mas não digas a ninguém:)))


    beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. JP, percebo. Há por aí enfermeiros e médicos com umas fardas giras...

      Eliminar
  3. Eu não devo ser normal.. Por acaso nunca tive tal fantasia :O

    ResponderEliminar
  4. Não tenho nenhuma fantasia com eles, mas gosto de ver!

    ResponderEliminar
  5. Eu vou confessar que já tive a minha panca por gajos de fardas é verdade agora acho que já me passa um pouco ao lado

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já eu, mantenho a panca quando me passam ao lado...

      Eliminar
  6. Até te percebo...É que pode não haver nada mais hipnotizante que ver uma mulher fardada. Então se for conjugado com alguns pormenores, como estar maquilhada nas proporções ideais e com as unhas arranjadas com bom gosto...uiiii...(Acho que me vou ficar por aqui)...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. AHAHAHA! Nix, temos fétiche??

      Eliminar
    2. Invoco o meu direito ao silêncio!!

      Eliminar
  7. Ai um marinheiro (farda branca que eu eu não que cá cabos raros!), ai um polícia de intervenção (os chamados robocops)....sei lá...eu que nem gosto muito que me dêem ordens respondia um "yes sir!" sem qualquer problema!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estes homens têm qualquer coisa que nos grita "vou mandar em ti e tu vais gostar"!

      Eliminar
  8. Gosta de farda, pois gosta. E gosta ainda mais quando os fardados se apresentam aos pares.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Carolinaaaaaaa, minha malucaaaaaaaa! ;)

      Eliminar
  9. Há fardas que me chamam mais à atenção que outras. Mas olha que gostei daquela parte do rever o Oficial e Cavalheiro, em miúda era viciada no filme, os meus pais ainda gozam comigo por causa disso! AHAHAHA

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu nem sei quantas vezes o vi! O filme, sobretudo para a sua época, está demasiado bom :)

      Eliminar
  10. um homem bonito de farda é qualquer coisa...

    ResponderEliminar
  11. Admito, também gosto de homens de farda. Mas têm que ser jeitosos :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, digamos que ajuda muito se forem jeitosos ;)

      Eliminar
  12. "Se vocês podem ter os vossos clichés e gostar das mamalhudas, perder a cabeça com altas, loiras e de olhos azuis, fantasiar com as saias curtas das executivas e etc, fiquem sabendo que nós também temos as nossas fantasias."

    - Prefiro um bom rabo
    - Prefiro morenas de olhos escuros

    É o que tenho a dizer :P
    Os clichés não se aplicam a toda a gente :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas, mas Roger...como te dizer? O rabo também é um cliché! :P

      Eliminar
  13. Bem, estou a ver que tenho de começar a usar farda LOL

    Epah, mas cuidado: ser mulher de marinheiro não é fácil :)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. NightDark, se fizeres isso, faz o favor de publicar umas fotos para análise, tá?

      Eu arranjava forma ;)

      Beijo

      Eliminar
  14. Olha, eu devo ser uma excepção...não gosto particularmente de fardas. Só mesmo no strip :D Não sei o que é, talvez por ser uma rebelde e as fardas representarem todo um conjunto de regras...andava há uns tempos para fazer este posto no meu blog, vou agendá-lo e discorrer mais sobre o assunto :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aguardo o post, para conhecer "o outro lado" :)*

      Eliminar
  15. Acredita...
    Se tivesses que usar farda todos os dias, como eu (sou soldado do exército português, vejo camuflado o dia todo, logo de manhã, ao almoço, à saída, durante o dia TODO!... Satura...
    Eu antes também suspirava quando via (não só pela "classe" como por ser o meu sonho) que acabei por realizar :)
    Mas o contraponto é... Estou ENJOADA de fardas, botas, cinturões...
    Agora quando vejo um fardado é "lá vai mais um"...
    Mas manda estilo, manda!!
    Quantas vezes ia fardada para casa, só para dar "estilo"?! =P

    Até houve uma sexta-feira que cheguei a casa, fardada e estava a apanhar a roupa (com farda e tudo! lool) mas só porque a seguir ia tomar banho e estava frio para ir à varanda como habitualmente, só em top e cuecas =P, e a minha vizinha viu-me fardada e disse:" ah... você fica tão linda com essa farda..."
    Babei-me toda! lol
    Mas passados 3 anos, suspiro é de saudades do meu pijaminha, todos os dias de manhã quando me fardo...

    A farda que contínuo a apreciar?
    Os homens altos e bonitos vestidos com a farda da força aérea... ai ai ai...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Temos mulher d'armas!!!

      Acredito que no teu lugar também já me seria perfeitamente banal ver fardas...todos os dias deixa de ter aquele encanto.

      E estou contigo nessa parte final : a farda da força aérea...(suspiros...muitos)

      Eliminar
    2. Eu bem que tentei ir para a força aérea, mas primeiro pediam o 11º e eu na altura não tinha, agora pedem o 9º mas como já jurei bandeira pelo exército, estou "presa" a eles e não posso ir para lá. para tristeza minha... :/
      ADORO a farda deles... Até os femininos são muito mais femininos que os nossos... Tropa "macaca"... Mas estou aqui e pronto, aprendi a viver com isso...

      Eliminar
    3. Permitam-me meter-me aqui na conversa... Jovem Atrapalhada, um rapaz que fez comigo a recruta no exercito tinha a alcunha de fuzo porque já tinha estado nos fuzileiros. E ele sempre nos disse que tinha jurado bandeira enquanto marinheiro. Agora tu dizes que já não podes ir para a Força Aerea e eu fiquei na duvida: será que não podes mesmo? :/ ou era aquela miniatura de gente que nos mentia a cada dia? xD

      Eliminar
    4. Boa tarde Lia.
      Eu também tive um camarada assim na recruta, a questão é simples.
      Eles fazem lá a recruta, o juramento e depois saem.
      Se quiser voltar para as forças armadas, tanto Marinha como Força Aérea podem vir para o exército, agora um militar que está na reserva da "tropa macaca" não pode ir para as outras duas forças - Marinha ou Força Aérea.

      Não me perguntes porquê, que eu perguntei (achei muito injusto) e a justificação é "Juraste para o Exército, ficas no Exército, ao que eu disse: "Eu jurei pela Pátria, e defendo-a seja onde for, Marinha força Aérea ou Exército!" e me respondem: "Mas é assim que as coisas funcionam".

      Eliminar
    5. Pois... Essa era também a minha dúvida... Nós quando juramos uma bandeira, juramos defender a Pátria e não uma Força Armada especifica. Enfim. Explicado! Obrigada ;)

      Eliminar
  16. Deparei-me agora com este teu post e olha, descreveste bem o "sentimento" lol

    Eu amo ver homens de farda, mas a minha "doença" são mesmo os polícias.
    No meu blog, basta procurar um bocadinho e estão lá, imensas fotos com eles lol

    Eu chamo doença porque fetiche já não é à muito tempo =P

    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem Vinda, Cláudia (de uma Cláudia para outra!)

      Vou lá lavar a vista, então ;)

      Bj

      Eliminar
  17. Estava eu a pesquisar na internet e deparei-me com este teu post. Descreves bem o "sentimento" lol

    Eu amo fardas mas a minha "doença" são mesmo os polícias.
    É a loucura.

    Basta pesquisares um pouco no meu blog e vês bastantes post só com fotos lol

    E chamo doença porque já passou o nível de fetiche à muito tempo =P

    Beijocas

    ResponderEliminar

Elaborai à vontade a tua teoria.

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.