É basicamente isto.

É basicamente isto.

19 de agosto de 2013

Disso das Férias.



Na certeza que ninguém está interessado, mas que quem ainda manda aqui sou eu, venho falar das férias, essa coisa boa. Nem que seja para (minha) memória futura.

- no primeiro dia de férias, alapada numa esplanada, decido almoçar uma salada. O universo castiga (acredito nisto, foi um sinal) e espero 1h pela dita. Pelo meio, comi o pacote de bolachas que carrego diariamente comigo para situações de emergência. Já sei, "come antes uma maçã, que te faz melhor, CM". Moral da história : saladas, nunca mais. Eu tentei. O que nos leva ao último ponto deste post;

- se dias fantásticos de praia, rodeada pelas pessoas que nos aquecem a alma e que duram quase até ao pôr do sol, não é uma das melhores sensações da vida, então não sei o que é;

- ver homens besuntados em óleo nas praias, não é sexy. Nunca foi e, portanto, não seria agora, no Verão de 2013. A não ser que estejamos a falar do Channing Tatum...;

- ler na praia, ao final do dia quando a temperatura é perfeita, e perder a noção do tempo e do mundo à nossa volta, dá anos de vida;

- um qualquer atrasado mental tentou roubar-me a matrícula do carro. Como o imbecil nem para isso tem jeito, acabou por parti-la e abandoná-la à porta de minha casa. Um porreiro. Que lhe entrem formigas para a pila;

- os estrangeiros que invadem o nosso País no Verão, são necessários. Mexem com a economia, pagam aqueles balúrdios que se pagam pelos almoços nas praias, sem pestanejar. Mas deixá-los entrar de carro em Portugal? Isso já é só complicar (ainda) mais o nosso trânsito. Manifesto-me contra;

- duas mulheres vão para uma praia a 50kms de casa. Pelo caminho terão que percorrer, ainda, uma Serra. O carro entra na reserva na viagem de ida. O que fazem? Seguem, cheias de fé. Resultado? Valente camadão de nervos. Nunca mais. Nunquinha;

- desta vez é que é. Aquela que é a minha resolução de todos os anos, de todos os invernos, de todos os verões, primaveras e outonos, irá avançar agora : vou começar a fazer desporto. Ao ar livre. Os ginásios nunca foram para mim, não se prende uma alma livre dessa forma. Mais novidades sobre este assunto, para breve.










27 comentários:

  1. Também já me aconteceu um episódio semelhante à do carro entrar na reserva numa altura, vá, menos boa. Acho que ia tendo um colapso com os nervos que apanhei!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu safei-me, mas deve ter sido por pouquissimo! É que nunca mais, muito menos no meio de uma Serra em que não há sempre rede de telemóvel...mulheres, pá!

      Eliminar
  2. Saladas fora de casa, não como, porque só gosto de salada mal lavada. Ahah
    Em relação ao exercício, já deixei de falar nisso. Se nem a mim consigo convencer, quem é que vai acreditar.
    No verão está muito calor (e eu ainda não estou tão velho que me levante às 6 da manhã para ir fazer figura de Zátopek decadente), até porque já perdi a esperança de morrer saudável.
    De inverno, quando não está a chover, esta tudo enlameado (eu moro quase no campo) e os únicos sítios onde não há carros em cima dos passeios, é naqueles sítios onde não passeios (nem estrada). Ahahah
    A elíptica está bem, muito obrigado, que aquilo é uma seca. Às vezes ainda ligo uma televisão pequenita, no VH1 e a última moda é ligar o tablet a um antigo aparelho de HI FI e ouvir música. Mas é muito triste. ahahah
    Bom apetite para o trabalho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu uso as mesmissimas desculpas : de verão está um calor que não se pode. "Ah, CM, mas podes ir à noite". Sozinha? É perigoso. No Inverno ou está a chover ou está frio. Resta a Primavera e para esta ainda não tenho desculpa.
      Mas desta vou começar. Veremos até quando.

      Obrigada

      Eliminar
  3. Essas dos homens com óleo matou-me =P

    É para queimar mais, só isso lol

    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aquilo queima-me é a vista! =P

      Beijinho

      Eliminar
  4. xiii comecei a divagar kd cheguei ao channing tatum.. ja nao m lembro k escreveste de seguida

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu se chegasse a ele também divagava...

      Eliminar
  5. 1 hora para servir uma salada?! Mas eles ainda foram apanhar a alface ou quê?!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para a próxima, tendo em conta que os meus Pais são agricultores, levo de casa!

      Eliminar
  6. Parece que foi mesmo bom, ainda bem :)
    Eu também ando a fazer exercício ao ar livre! Mas nada de saladas :p

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foram boas e com supresas agradavéis, que ficam para outro post ;)

      Coragem Bomboca! Estou contigo!

      Eliminar
  7. Sabes...adorei ler-te ! E olha que já estou outra vez a trabalhar!
    Bjs
    maria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estou solidária, minha Maria. Isto não é mês para trabalhar. Devia ser oferecido a toda a gente. Miúdos e graúdos, tudo de férias!

      Beijinhos

      Eliminar
  8. Ahahahahahah;) Já tinha saudades de me rir contigo:)
    Bem Regressada minha Amêndoa

    jinhossssssss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, minha Suri!! E eu tinha tantas saudades de cá estar :)

      Beijo!

      Eliminar
  9. Pois olha que é uma optima resolução...é muito bom e não tens que levar com os egos dos frequentadires de ginásios... beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso, então, é das coisas que menos gosto em ginásios. São elas e eles, todos emproados, a olhar para os espelhos e a ver as vistas. Não há pachorra para isso.

      beijinho!

      Eliminar
  10. Ah, mas não ganhas a uma amiga cujo o carro se 'avariou' na Costa da Caparica (vinha ela feliz da praia, coitadinha...), chamou a Assistência em Viagem, pagou o reboque... e a 'avaria' era falta de gasolina! :-)

    BEM-REGRESSADA!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. AHAHAHHAHA! Um clássico feminino! É por essas e por outras, que a única vez que liguei para chamar um reboque, o assistente me perguntou duas vezes se tinhamos certeza que não era falta de gasolina! :)

      Obrigada, Gata!

      Eliminar
  11. Cuidado aí com as noções de desporto; levantar imperiais numa esplanada de café não conta como preparação física. Atenção.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Damn! Seja como for, hei-de pensar em qualquer coisa.

      Eliminar
  12. Ora então seja bem regressada :)

    Btw, como é que tiveste paciência para esperar 1h por uma salada? Eu no mínimo reclamava, ou então levantava-me e ia embora (já aconteceu sair de um café, eu e quem estava comigo, após ter estado 15min à espera para fazer o pedido e depois ao fim de 20min ainda não ter o pedido na mesa -.-' e, entenda-se, o pedido eram 3 cafés e duas sandes mistas)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só mesmo ali. É o bar da Praia onde vou desde a minha infância. Conheço as pessoas que lá trabalham e estavam num daqueles dias em que, além de tudo correr mal, estavam a levar com todo o tipo de bestas de clientes! Em qualquer outro sítio, tinha acabado comigo a virar costas. Tenho a paciência muio limitada...

      Obrigada, moço!

      Eliminar
  13. Opah, inicia o exercício só a partir de amnahã...lol

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Podes vir cá escrever isto todos os dias?? ;)

      Eliminar
  14. Passei aqui só para dizer que agora é a minha vez...3 semanas a desfrutar de tudo o que (bem) escreveste. Tudo, menos aquilo da gasolina que também já passei por isso, lol...

    Bom regresso ao trabalho.

    Bjs.

    ResponderEliminar

Elaborai à vontade a tua teoria.

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.